Se a ideia der certo, no futuro não precisaremos conectar aparelhos em tomadas para recarrega-los. Ao menos, é o que mostra o projeto desenvolvido por cientistas da rede Disney Research.

Eles desenvolveram um modo de carregar dispositivos eletrônicos com o sistema wireless (sem fio), capaz de conduzir até 1.900 watts de potência, com nível de eficiência entre 40% e 95% dentro de uma sala de 43 metros cúbicos. Ou seja, suficiente para carregar cerca de dez aparelhos, como celulares e drones, bastando apenas entrar na sala, sem precisar de nenhum cabo ou conexão na energia elétrica.

Como funciona?

Um pilar é instalado no centro da sala com 15 capacitores elétricos fixados. Eles são conectados a um gerador que fica do lado fora e cria um campo magnético na área. Para que a corrente de energia seja constante, as paredes do ambiente devem ser feitas com painéis de alumínio especiais.

A ideia ainda precisa de mais estudos, porque embora o método de carga seja seguro para os humanos, as pessoas não podem se aproximar muito do pilar que emite a energia. Para evitar acidentes, por exemplo, seria necessário utilizar sensores de desativação do sistema se alguém ultrapassasse o limite de segurança.

Fonte