Algumas pessoas com necessidades especiais ainda encontram dificuldades para várias atividades do dia a dia, como estudar. Esse foi o caso de Kelvim Ferreira, durante o tempo em que foi aluno do Instituto Federal de Santa Catarina, em Chapecó (SC).

Cursando o técnico de Informática, Kelvim, que é surdo, continuou encontrando dificuldades em se comunicar e aprender sobre termos específicos da área, mesmo após o instituto contratar um intérprete em libras.

A turma, que tinha entre suas atividades antes de concluir o curso, promover um trabalho para uma oficina de integração, se inspiraram no colega e decidiram criar um glossário com os termos de informática e documentar tudo através de vídeos. São 60 vídeos disponibilizados na internet, que vão desde os mais específicos e técnicos, até os mais básicos que podem ajudar qualquer pessoa a usar o computador.

Os 11 alunos se formaram no dia 16 de Julho, e deixaram para os próximos alunos uma grande inspiração e também abriram caminho para novos alunos com as mesmas dificuldades que Kelvim.

Para conhecer a turma e ver esse trabalho, acesse o site: napnee.chapeco.ifsc.edu.br/sistema/

 

Fonte